Um Site Popular Para Mulheres Modernas, Que Vai Ajudar Qualquer Mulher Sovoyu Mudar Vidas Para Melhor

Histórias: "Um amor vivido em segredo"

"Eu estava apaixonada por ele, mas nós tínhamos que viver nosso amor secretamente porque até meu melhor amigo estava apaixonado por ele. E acabou por isso mesmo..."

Quer ver sua hist√≥ria de amor publicada no Gp? Escreva para este email: [email protected]
"Você sabe, eu vi aquele cara da 1b, ele é tão fofo!" foi assim que comecei a conhecer sua existência, através da minha melhor amiga... A amizade sempre foi para mim um valor absoluto, que prevalece sobre todo tipo de sentimento. Eu não acreditei no amore talvez eu não acredite nem hoje, ou pelo menos eu não ache que tenha um valor tão forte que vá além de qualquer sentimento ou vínculo, mesmo acima da amizade...
Era inverno, e geralmente não há nada para fazer na minha pequena ilha tão pequena e mal equipada. Então decidi ficar em casa e conectar no msn, para matar o tempo. Vi que ele havia adicionado um novo contato, era Alessandro, o menino que gostei do meu melhor amigo... eu decidi adicionar, eu sempre poderia colocar uma boa palavra;) eu comecei a conversar, então para conhecê-lo, com pouco interesse. Obviamente meu amigo sabia, desde que... Alessandro me disse que gostava de mim e que meu melhor amigo não era o tipo dele. Eu fiquei chateado e disse a ele que não havia história entre nós, porque eu nunca poderia trair o meu melhor amigo... Eu estava errado!
LEIA TODAS AS HIST√ďRIAS PUBLICADAS NO GP!
Os dias seguintes Eu decidi ignorar Ale tanto no msn como nos corredores da escola, onde costumávamos nos encontrar ou porque os professores nos expulsavam, ou porque não podíamos ficar 2 segundos colados na cadeira... Meu melhor amigo, a quem chamarei de X, não tinha conhecimento da história de Ale e eu Eu não sabia como fazer... No longo prazo eu não poderia trazer isso para mim segredo, e coloque todas as nossas conversas na sua frente. Era óbvio que nas conversas eu era bastante amigável, mas eu tinha um atitude diferente do que ele tinha para mim. Ela me disse para não pensar assim, e ficar o mais longe possível... Sim... Tinha que ser fácil, eu certamente poderia fazer isso... NADA MAIS FALSO!

cama de casal

Casais apaixonados (19 imagens) Concursos, abraços e beijos (fonte: iStock)
Poucos dias depois cheguei ao conhecimento de que o pai de Ale havia morrido por causa de uma doença não tratada a tempo... O mundo caiu sobre mim... Percebi que o que eu sentia por ele não era apenas desprazer, Eu realmente queria abraçá-lo, estar perto dele, para ajudá-lo de alguma forma. Doía não vê-lo nos corredores ou entre as escadas.
Um dia, enquanto eu estava indo para a casa de X, eu fui para o posto de gasolina, como de costume, a minha scooter estava sempre seca. Quando fechei a tampa de combust√≠vel, notei que havia algu√©m atr√°s de mim, era ele... Ele parecia terr√≠vel, como culp√°-lo. Ele era muito branco e seus olhos estavam inchados e vermelhos, como algu√©m que ele chorou e tinha recentemente conseguido sair, mas ele morreu dentro, voc√™ podia ver que ele estava morrendo por dentro! A √ļnica coisa que conseguiu sair da minha boca foi uma "Ciao Ale" muito trivial. Ele olhou para mim e depois abaixou a cabe√ßa, ligou a scooter e fugiu...
O tempo passou e eu não tive nenhum nenhum traço, ele não se dignou a olhar nos corredores, ele falou comigo... E eu senti falta de Ale, ele estava desaparecido, mesmo sabendo que eu estava indo contra qualquer moral que eu tinha preparado... Ele havia superado a pergunta de seu pai, aparentemente...
LEIA TAMB√ČM: Ningu√©m gosta do seu namorado?
Ale se entregou ao álcool, cigarros e bengalas. Uma noite tive a demonstração prática... eu tinha 16 anos, já tinha passado um ano que eu sabia Ale... De qualquer forma era sábado à noite, e eu estava lá na praça, quando o Fabio me perguntou se eu tinha visto Ale... e Fabio continuou tão agitado Eu perguntei o que tinha acontecido. Ele me explicou que eles tinham exagerado um pouco com álcool e alguns tiros demais, e o Ale foi dar um passeio e não conseguiu se encontrar... Então fui procurá-lo, o Fabio foi ver no bairro e eu fui na direção em frente, eu não me importava se ele fumava e naquele momento ele também poderia pula em mim... Eu não me importava, só queria saber onde ele estava e, acima de tudo, queria ter certeza de que ele estava bem!
Eu o encontrei em uma praia não muito longe dali, deitada na areia molhada. Eu corri para ele e disse "vamos" sem qualquer hesitaçãoEu não sei como, ele veio comigo.
Eu sabia que no fim de semana minha m√£e ia ao seu pa√≠s, ent√£o acompanhei seus parentes em casa. Cheirava a √°lcool de uma maneira incr√≠vel, e n√£o sei que for√ßa de vontade tive para despi-lo e coloc√°-lo na cama... Ele n√£o falou, n√£o disse uma palavra at√© que eu estava prestes a sair. Avisei ao F√°bio que o levara para casa e estava prestes a fechar a porta do quarto, mas ele se levantou da cama e disse: "Por favor, fique comigo"; Ele ficou louco?? Como eu poderia ficar l√°? Mas eu n√£o podia deix√°-lo naquelas condi√ß√Ķes, ent√£o, em um momento de loucura, liguei para minha m√£e e disse a ela que ficaria na cama de X porque os pais haviam sa√≠do e permanecido sozinhos. Por isso, concordei em ficar com ele, mas prometi a ele que sairia de manh√£ cedo.
Leia também: Como fazer se seus pais são rigorosos?
Nada aconteceu entre n√≥s Naquela noite, eu estava apenas observando-o sentado no sof√° em seu quarto, enquanto ele estava enroscado nos cobertores como um filhote de cachorro. Eu pensei sobre o que eu diria a voc√™, como eu poderia dizer algo assim? Eu senti algo pela Ale! E depois dormir em sua casa sem fazer nada? Para ela, como para os outros, teria sido absurdo, porque ele sempre foi famoso pela n√ļmero de meninas levadas para a cama... Quando me fiz mil perguntas em minha cabe√ßa, adormeci em seu sof√° e acordei na manh√£ seguinte. Calmamente, peguei minhas coisas e me afastei para que ningu√©m pudesse me ver.
No dia seguinte eu o vi na escola, mas ele sempre teve a mesma atitude. Então eu me aproximei dele, eu não aguentava comportamento ingrato então eu disse a ele: "Então você não deve me dizer nada?" "Obrigado, você é um amigo, mas não espere nada". Um amigo? Um amigo teria ficado para te ver a noite toda? Ele te despiria e te colocava debaixo das cobertas? Um amigo, para você teria ido contra algum do seu valor? Contra seu melhor amigo? Ale eu te odeio... E enquanto todos esses pensamentos se acumulavam em minha mente, ela se aproximou de mim e me perguntou o que aconteceu comigo ontem com o Fabio...
Est√ļpida como eu estava, respondi que n√£o me sentia bem e tinha voltado para casa e que n√£o tinha conseguido ligar para ela... Sabe quem me respondeu? Oh bem, se voc√™ pegou uma boa paix√£o por Fabio voc√™ tamb√©m pode me dizer! N√≥s sa√≠mos para quatro ent√£o, eu te amo e fabio n√£o ?? Mas voc√™ est√° fora? Eu pensei, Ale √© meu! √Č a minha batalha e eu vou vencer. Mas eu sorri e corri na sala de aula...
Semanas se passaram e Ale continuou com sua atitude e X entendeu cada vez menos! Então, eu não sei como nos encontramos no meu bairro, como todos os dias, exceto que naquele dia também havia Ale... Mas o que você quer? por que você não vai embora? Mas é legal com esse terno. Aquele dia foi um pouco particular, foi tudo um jogo de looks entre nós... Não sei como Fabio convenceu o X a ir ao bar com ele... Ale me pegou pelo braço e me disse, você e eu temos um questão pendente.
Leia também: 10 segredos que todas as meninas se escondem
Ele me puxou para ele, com aqueles bra√ßos musculosos, e lentamente ele me beijou. Meu corpo estava todo em chamas, me senti perdido em seus bra√ßos e ao mesmo tempo protegido. Eu sei que ele estava sozinho um beijo simples, mas para mim foi o beijo que eu estava esperando h√° muito tempo... Quando nos separamos Olhei nos olhos deleEu nunca tinha notado que ele tinha olhos verdes, eu amo olhos verdes... Eu estava prestes a derreter. Ent√£o eu disse a ele: Ale n√£o √© justo para X... Ele respondeu: O que √© certo neste mundo? Eu n√£o quero voc√™ voc√™! e de novo um beijo, uma onda de emo√ß√Ķes na minha espinha. N√≥s nos afastamos bem a tempo, porque Fabio e voc√™ chegaram...
Daquele beijo eu e Ale n√≥s come√ßamos a participar em segredo... Ele nunca tentou descer no "privado", ele sempre me disse que para ele era o suficiente para me abra√ßar, ele me disse que me odiava, porque ele n√£o podia me ter, porque sabia que entre tantas garotas, s√≥ eu o fazia sentir bem... Meses se passaram e Ale e eu, est√°vamos juntos, mas sempre em segredo, sempre. Eu tra√≠ meu melhor amigo, mas eu estava muito feliz, eu estava amaldi√ßoado no amor! Ent√£o um dia Ale teve que sair por um m√™s, mas o que foi um m√™s para n√≥s se esper√°ssemos por 2 anos? N√≥s decidimos ficar o dia todo juntos. No final do dia pedi-lhe para ir buscar a minha scooter para que ele fizesse... Dissemos adeus, um beijo, eu teria dado-lhe outro amor, se soubesse que seria o √ļltimo...
Eu fui para casa, passei um dia, dois dias, três... Ale ele não me ligou. Eu não sabia o que fazer com quem falar porque X teria me matado se eu contasse sobre isso. Então eu fui lavar minha scooter, blehh ficou preto! Abra a sela para retirar tudo e encontrei uma carta, era dele. Com a curiosidade de uma menininha, abri-a... Bem, preferi mantê-la fechada. Começou assim "Minha pequena estrela". Ele adorava me chamar assim, porque quando olhávamos para as estrelas, ele dizia que eu era a mais linda de todas, sei que é exagerado. Mas foi assim, doce e bastardo ao mesmo tempo. Entretanto, naquela carta, nossos momentos mais belos e feios foram listados, o que só fortaleceu nosso relacionamento, de todas as vezes em que estávamos prestes a ser descobertos.
Leia também: Os segredos dos VIPs
Foi precisamente este √ļltimo ponto que ele queria abordar, ele me escreveu que ele nunca poderia me dar uma hist√≥ria normal e que entre n√≥s ele n√£o poderia continuar assim, com o medo de ser descoberto. Que ele n√£o estava apto para mim, que eu n√£o poderia salv√°-lo, que ele sabia a hist√≥ria de estar juntos secretamente me machucou, que trair X para mim era imperdo√°vel e que ele n√£o queria ver nem mesmo uma l√°grima no meu rosto... Bem, eu chorei sobre essa carta e ainda choro...
Eu vejo Ale nos corredores todos os dias, porque como sempre a escola n√£o √© o nosso forte, mas eu s√≥ posso olhar para baixo, e ele faz o mesmo... Ele n√£o queria me deixar doenteEu tento, mas √© t√£o dif√≠cil agora que eu sei que nada vai voltar. Eu quero de volta e eu n√£o me importo com o quanto isso vai me custar tamb√©m porque Eu j√° perdi tudo. Eu o perdi, e com X eu fechei por outras raz√Ķes... E estou duplamente feliz por ter seguido meu instinto e ter compartilhado esses poucos meses com ele... Se eu voltasse, faria todos os erros, exceto deix√°-lo ir embora.

abraço de casal

Casais apaixonados (19 imagens) Concursos, abraços e beijos (fonte: iStock)

Vídeo: Miguel podia ter vivido uma história de amor com Susana? - Confessionário

ÔĽŅ
Menu