Um Site Popular Para Mulheres Modernas, Que Vai Ajudar Qualquer Mulher Sovoyu Mudar Vidas Para Melhor

Atos perseguidores e persecutórios

A perseguição e os atos persecutórios que são um crime: como os assediadores são punidos e quem é culpado de perseguição e perseguição de alguém

o Perseguir √© um crime bem como eu atos persecut√≥rios: persegui√ß√£o e atos persecut√≥rios s√£o punidos pela lei com uma s√©rie de prote√ß√Ķes destinada a proteger as v√≠timas de persegui√ß√£o e um punir os stalkers. √Č essencial conhecer todos os comportamentos que se enquadram no crime de persegui√ß√£o.

A expressão stalking significa aqueles conduta persecutória e de interferência na vida privada de uma pessoa cuja finalidade é impor a outra pessoa um tipo particular de relacionamento, através de tormentos que causam ansiedade e medo, e que determinam uma alteração do curso normal da vida cotidiana.

APROFUNDAMENTO: VIOL√äNCIA DOM√ČSTICA, A DIVERSA TIPOLOGIA

Lo "perseguidor"o"molestador irritante"pode ‚Äč‚Äčser um assunto conhecido, com o qual alguma forma de relacionamento foi estabelecida, ou mesmo um estranho. Este tipo de comportamento encontrou sua disciplina no sistema jur√≠dico italiano ap√≥s a entrada em vigor do decreto-lei de 23 de fevereiro de 2009, No. 11 (convertido em Lei 23 de abril de 2009, No. 38), que introduziu o artigo 612 bis do C√≥digo Penal sobre crime de "atos persecut√≥rios". A introdu√ß√£o desse crime nasceu da necessidade de punir atos que inicialmente pareciam n√£o ter a exig√™ncia de viol√™ncia, mas que poderia preceder e, de alguma forma, revelar a ocorr√™ncia de um evento violento subsequente.

A conduta do agressor deve ser caracterizada pela vontade e pelo consci√™ncia de agir de maneira persecut√≥ria com conseq√ľente dano √† v√≠tima atrav√©s de um dos eventos nocivos indicados pelo art. 612 bis c.p. Com a introdu√ß√£o desta norma, o Legislador quis salvaguardar a liberdade moral - ser entendida como a liberdade de autodetermina√ß√£o do indiv√≠duo - dado que a conduta t√≠pica pode levar a v√≠tima aoaltera√ß√£o de h√°bitos de vida (como se fosse uma hip√≥tese particular de viol√™ncia privada).

Também deve ser protegidosegurança individual, uma vez que as ameaças ou o assédio podem vir a causar na vítima o "estado persistente e grave de ansiedade ou medo". Além disso, para que o crime de perseguição, a existência de três elementos constituintes:

A CONDUTA T√ćPICA DE REO - Nesse sentido, para identificar a conduta t√≠pica dos que atuam, faz-se refer√™ncia √†s hip√≥teses de amea√ßas (no caso em que um mal futuro √© apresentado √† v√≠tima, de modo a perturbar seriamente a tranquilidade) e persegui√ß√£o (reconhec√≠vel na altera√ß√£o do equil√≠brio ps√≠quico de uma pessoa) previsto e sancionado pelo Legislador como crimes aut√īnomos.

A REITERA√á√ÉO DA CONDUTA - Sobre a exig√™ncia de reitera√ß√£o, o comportamento descrito deve ser repetido e serial. Portanto, os atos √ļnicos realizados em uma √ļnica ocasi√£o n√£o incluem os crimes indicados no artigo 612 bis do C√≥digo Penal, mas sim os crimes de amea√ßa ou ass√©dio.

O LES√ÉO DE UM PARTICULAR ESTADO DE ALMA NA V√ćTIMA - Finalmente, para que possamos falar sobre stalking √© necess√°rio que os comportamentos de amea√ßas e ass√©dio determinem no agressor estado persistente e grave de ansiedade ou medo, ou um receio bem fundamentado para a pr√≥pria seguran√ßa ou a das pessoas vizinhas, ou mesmo para alterar os h√°bitos de vida.

A LEI EM FRENTE √Ä OFENSA DE EST√āNCIA, MEDIDAS

O crime, punido, exceto agravante, com o prisão de seis meses a quatro anos, pode ser processado após o ação judicial da pessoa lesada, uma queixa que deve ser trazida dentro de seis meses. No entanto, procedemos automaticamente, portanto, mesmo na ausência da queixa da vítima, se a ofensa é cometida contra um menor ou pessoa com deficiência e também quando o crime está relacionado com outro crime pelo qual devemos proceder automaticamente.

A pessoa ofendida, mesmo antes de ter apresentado um processo formal, pode avan√ßar o pedido, a fim de pedir o Questore para a adop√ß√£o de um ordem de aviso formal para o autor da conduta. O Questor, por seu lado, pode recolher informa√ß√Ķes junto dos √≥rg√£os de investiga√ß√£o e ouvir as pessoas informadas dos factos e, se considerar o pedido fundado, avisar oralmente a pessoa contra a qual a disposi√ß√£o foi solicitada, convidando-o a agir em conformidade com o l√™ e desenha minutos.

Ele tamb√©m pode adotar qualquer outras medidas sobre armas e muni√ß√Ķes. Subseq√ľentemente, se o sujeito admoestado repete sua conduta, ele procede contra ele automaticamente e a penalidade √© agravada por pelo menos um ter√ßo. Artigo. O artigo 282 do C√≥digo de Processo Penal tamb√©m estabelece que o juiz pode prescrever para que o suspeito n√£o se aproxime da pessoa ferida ou dos lugares que visita habitualmente.

No caso de exig√™ncias adicionais de prote√ß√£o, a prescri√ß√£o pode ser estendida para pr√≥ximos parentes da v√≠tima e aos seus coabitantes ou √†queles com quem ele tem uma rela√ß√£o afetiva. Eventualmente, √© poss√≠vel que um proibi√ß√£o de comunica√ß√£o por qualquer meio ou, novamente, limita√ß√Ķes impostas se, por exemplo, o uso de lugares for necess√°rio por motivos de trabalho ou necessidades de moradia.

Finalmente, quando h√° elementos espec√≠ficos que nos fazem acreditar que o perigo de repetir o crime presente no artigo 612 bis cp, a autoridade de seguran√ßa p√ļblica, com a autoriza√ß√£o do promotor p√ļblico, formalmente avisa o agente de realizar atos persecut√≥rios adicionais.

PeloAdvogada Francesca Maria Croci

Vídeo: Você acredita que a Terra conspira contra você?

ÔĽŅ
Menu