Um Site Popular Para Mulheres Modernas, Que Vai Ajudar Qualquer Mulher Sovoyu Mudar Vidas Para Melhor

Carta: "Sentindo-se com o prof"

"Ele nasceu da aparência que ele me dá... ele olha para mim, olha para os meus olhos e isso me faz sentir especial, mas ele também me deixa com medo e vergonha... eu não estou acostumada. Nunca pensei nisso, nem perto de um sentimento com um fato profissional estou desarmado neste campo, não sei como me comportar!

Em muitos você nos escreveu para falar sobre seus problemas de amor. Continue contando suas histórias para nossa "Posta del Cuore", para o endereço de e-mail [email protected] e dê conselhos às meninas que nos escrevem!
Olá, Tenho 16 anos e meio e este ano mudei de escola... no último Eu estou muito bem Eu tenho que dizer... os profs são fenomenais e inteligentes! Foi tudo tão perfeito meu novo começo do ano escolar... agora há as férias e eu posso pensar sobre isso por essa razão eu tive a idéia de pedir alguma opinião de fato... confiança. Porque eu não estou pronto para o que estou prestes a lhe dizer.
CARTA: "MUITAS CRIANÇAS NA MINHA VIDA"
Tudo começou há 3 meses. Ele finge não estar interessado em mim e eu também... mas tudo começou a partir dos olhares que me dá... olhe para mim, olhe para os meus olhos e isso me faz sentir especial, mas também me dá medo e vergonhaQuer dizer, eu não estou acostumado com isso. Eu nunca pensei sobre isso, nem perto de um sentimento com um prof. Na verdade, estou desarmado neste campo. Eu absolutamente não sei como me comportar e gostaria de fazer os movimentos certos. No entanto seus olhos são penetrantes e ele é muito charmoso e culto... Eu sinto vontade de dizer por que eu? Talvez ele só queira isso, mas eu gosto tanto da mesma maneira.
CARTA: "NÃO POSSO ESQUECER"
Uma vez que ele colocou a caneta entre os lábios, ele levantou a cabeça e estreitou os olhos e olhou para mim de uma maneira... Eu estava com vergonha e imediatamente olhei para baixo. Ele é uma pessoa que eu respeito, ele explica bem, ele sabe muitas coisas e ele é um excelente professor, ele nunca consegue fazer sem fazer nada, ele sempre mantém a cabeça ocupada, explica Deus e sabe como se comportar com os alunos. Com os outros ele também tem um relacionamento amigável, mas comigo não, ele sempre visa o intervalo... mas nunca falamos um com o outro. De fato... nós nunca falamos um com o outro fora dos assuntos dos assuntos ensinados. O que eu faço? Como eu me comporto?

Vídeo: Carta ao Professor - Evasão escolar


Menu