Um Site Popular Para Mulheres Modernas, Que Vai Ajudar Qualquer Mulher Sovoyu Mudar Vidas Para Melhor

Se você deixar

Freq√ľentemente sofremos com o amor, mas com a mesma freq√ľ√™ncia fazemos nossos homens sofrerem deixando-os. √Č por isso que acontece e como √© melhor se comportar depois

Você deixou: e agora?

Amor, voc√™ sabe, √†s vezes acaba deixando voc√™ para tr√°s rescaldo do sofrimento. Quem entre n√≥s n√£o passou? Para ser deixado, sentindo-me rejeitado e mal-amado, sentindo que voc√™ n√£o tem motivo para se levantar de manh√£, continuando a fazer as coisas de costume sem saber por que, sem entusiasmo, com a ang√ļstia e a sensa√ß√£o de vazio que constantemente nos perseguem. √Č muito dif√≠cil superar, mas tempo conserta tudoe os sofrimentos s√£o superados, mesmo que deixem cicatrizes fortes. Mas o que dizer quando estamos na situa√ß√£o inversa? Quando vamos embora?

Para ficar: instru√ß√Ķes para come√ßar de novo

Deixe o namorado: conseq√ľ√™ncias

√Č claro: por mais que possamos reclamar eternamente do g√™nero masculino e das injusti√ßas que recebemos, √†s vezes fazemos nossos meninos sofrerem tamb√©m. E n√£o um pouco! Mas √†s vezes a partida se torna inevit√°vel para a nossa sa√ļde mental. E √†s vezes at√© para ele, que nunca poderia admitir isso. De fato, se √© verdade que n√≥s, mulheres, tomamos v√°rios golpes no amor, quando a situa√ß√£o do casal √© controversa, na maioria das vezes somos n√≥s que decidimos nos d√™ um corte. Porque, de acordo com os estere√≥tipos, somos o sexo mais fraco, mas, na verdade, muitas vezes somos n√≥s que assumimos a situa√ß√£o e encontramos coragem para tomar a decis√£o mais √≥bvia, mas, infelizmente, mais dif√≠cil.

Nós terminamos: e agora?

Por que deixar

Fim do amor: N√≥s estamos juntos h√° muito, muito tempo. O relacionamento tem navegado em √°guas muito calmas por algum mil√™nio. N√£o h√° mais est√≠mulos, novas coisas para descobrir. Na verdade, na maioria das vezes ficamos entediados, odiamos todos os seus defeitos, somos intolerante e intrat√°vel. N√≥s n√£o o tra√≠mos, mas come√ßamos a pensar que podemos faz√™-lo, e sentimos que estamos perdendo nosso tempo. √Č √≥bvio: n√≥s n√£o o amamos mais, n√£o estamos bem ao seu lado. E √© provavelmente assim para ele tamb√©m, mas talvez para conforto ou vida tranquila, ele parece mergulhar na situa√ß√£o. √Č definitivamente hora de acabar com isso, pelo menos n√£o para tirar sarro de n√≥s mesmos e dele.

Você deixou porque tem outro

Outro menino invadiu nossas vidas e a aborreceu. Nos atingiu no cora√ß√£o. Ele nos fez entender que o relacionamento que est√°vamos tendo com o nosso funcion√°rio n√£o era t√£o bom assim. A trai√ß√£o existee √© mais frequente do que pensamos, na verdade √†s vezes pode ser muito √ļtil. Viver duas rela√ß√Ķes paralelas √© dif√≠cil para o corpo e para a mente, assim como profundamente incorreto. E mesmo que o outro n√£o seja o homem da nossa vida, a coisa mais honesta a fazer √© reconhecer que n√£o estamos mais apaixonados e abandonar nosso namorado.

Ex-namorados: instru√ß√Ķes de uso

Ele tem outra

Dif√≠cil para ele confessar. √Č muito mais prov√°vel que tenhamos descoberto. Alguns decidem empreender o caminho arrepiante do perd√£o, mas nem todo mundo √© capaz disso, e em qualquer caso depende da gravidade do caso. √Äs vezes o nosso orgulho nos leva a fechar com ele apesar de s√ļplicas e arrependimentos. E apesar do nosso grande sofrimento.

Como deixar

Quando voc√™ sai, h√° duas maneiras principais de fazer isso: o violento e o civil. No primeiro caso h√° cenas, insultos e brigas. Com o lan√ßamento de objeto opcional. Acontece sobretudo quando h√° trai√ß√Ķes, fortes mal-entendidos e personagens de fogo. Escusado ser√° dizer que √© o mais traum√°tico, mas talvez o mais cat√°rtico.

No segundo caso, em vez n√≥s argumentamos, talvez n√≥s choremos e nos desesperemos, mas permanece nas fileiras da civiliza√ß√£o. Todos fingem entender as raz√Ķes do outro (se apenas existissem raz√Ķes no amor). Geralmente n√£o √© nada al√©m de uma pantomima em que os sentimentos mais desesperados s√£o simplesmente reprimidos. Mas √†s vezes, talvez, √© melhor assim. Em certo sentido, uma ruptura "civil" n√£o √© mais do que o √ļltimo gesto de amor que √© trocado, e ent√£o todo mundo deixa seu pr√≥prio caminho, mesmo com um gosto amargo em sua boca.

Devo deixar isso? Como entender isso?

Depois de sair: como se comportar em quatro fases

1. Como você está?
O que fazer depois de termos deixado? Primeiro de tudo proibição de culpa: mesmo que o magoemos, estamos convencidos de que fizemos a melhor escolha. E então estar com uma pessoa que você não ama é o mesmo que tirar sarro dela. Estar doente é inevitável: porque pensamos que magoamos uma pessoa que amamos, mesmo que não a amemos mais, e então porque com uma pessoa anterior um pedaço de nós vai embora, uma pessoa com quem compartilhamos parte de nossa vida. E nem mesmo para quem deixa isso é fácil de superar.

2. Como ele est√°
Orgulho masculino é algo rochoso e cego, que mascara uma grande fragilidade. Os homens, você sabe, são "feitos de migalhas, migalhas / que o orgulho mantém", como Mina nos revelou em uma velha canção.
O orgulho masculino leva o homem a desconsiderar a possibilidade de ser deixado. E quando √© deixado para ele a ferida √© dupla. O que voc√™ fez muitas vezes por ele √© inadmiss√≠vel, mesmo que seja racionalmente explic√°vel. Ent√£o suas rea√ß√Ķes muitas vezes parecer√£o para voc√™ exagerado. Voc√™ provavelmente desenvolver√° um forte ressentimento em rela√ß√£o a voc√™, o que parecer√° injustificado para voc√™. Saiba que n√£o √© assim.

3. A postagem
Mesmo se voc√™ se deixar civilmente, ou pior, "em amizade", saiba que n√£o √© esse o caso. Acima de tudo um motivo de orgulho acima. Mas tamb√©m porque deixar ir significa ter que enfrentar um sofrimento pesado, para ambos. Acostume-se com a ideia de n√£o fazer mais parte um do outro. E quanto mais voc√™ continuar a ter contatos, mais dif√≠cil voc√™ aceitar√° a ideia de quebrar. E ent√£o o primeiro passo a fazer √© separe-se bruscamente por um tempo. Absolutamente n√£o freq√ľentado. Tente ver o m√≠nimo poss√≠vel. Sem telefonemas nost√°lgicos ou mensagens de texto. Mesmo se voc√™ quiser ouvir s√≥ para saber como √©. Se voc√™ puder, tem a for√ßa para resistiruse o punho de ferro consigo mesmo. O desapego √© saud√°vel e fisiol√≥gico. E se voc√™ tiver outra pessoa, fa√ßa o poss√≠vel para que o seu ex n√£o saiba, ou aprenda o mais tarde poss√≠vel. √Č um ato de piedade humana trivial e talvez voc√™ deva a ele.

4. Amigos?

Depois de passar pelo momento mais doloroso e problemático, você também pode tentar se testar novamente. mas cuide-se bem, tente entender se ele ainda está minimamente preso e se as feridas ainda estão abertas. Em geral, aqueles que tomam a decisão de sair, enquanto estão doentes, metabolizam o sofrimento muito mais cedo, também porque tiveram mais tempo para se acostumar com a ideia. Para aqueles que ficaram, o espancamento é obviamente mais forte.

As piores formas de sair

Ent√£o cabe a voc√™ entender se amizade entre voc√™ √© poss√≠vel. Neste t√≥pico existem v√°rias escolas de pensamento, muitas das quais afirmam que a amizade entre ex √© definitivamente imposs√≠vel. Ou pior, degenera em um relacionamento amb√≠guo e insalubre, feito de nostalgia, ci√ļmes mal-escondidos e interfer√™ncias indevidas na vida de cada um.

Certamente todo caso é em si mesmo. Limitamo-nos a dizer-lhe que, mesmo que o seu ex nunca seja o seu melhor amigo, não é impossível recuperar uma relação civil, de respeito e respeito, embora desapegado.

Vídeo: Wesley Safadão & Garota Safada - Se Você Deixar [DVD Uma Nova História]

ÔĽŅ
Menu