Um Site Popular Para Mulheres Modernas, Que Vai Ajudar Qualquer Mulher Sovoyu Mudar Vidas Para Melhor

Como fazer trompe l'oeil: ideias para decoraçÔes com esta técnica DIY

Como fazer trompe l'oeil: ideias para decoraçÔes com esta técnica DIY: oeil

Como fazer trompe l'oeil, uma tĂ©cnica do tipo "faça vocĂȘ mesmo" que nos permite criar belas decoraçÔes DIY na parede da casa e nĂŁo apenas

Como fazer trompe l'oeil

o Trompe l'oeil Ă© um tĂ©cnica pictĂłrica que, atravĂ©s de expedientes como perspectivas e jogos de luz, visa crie uma ilusĂŁo (do francĂȘs "tromper" = "enganar", "l'oeil" = "o olho") criando vislumbres visuais de extraordinĂĄria beleza.

Como escolher papel de parede

Nascido como tĂ©cnica mural, o trompe l'oeil se espalha na Europa no sĂ©culo XVII, perĂ­odo em que goza de grande fortuna, assumindo as caracterĂ­sticas de um gĂȘnero pictĂłrico autĂŽnomo, baseado em filosofia do engano perceptivo.

Aproveitando o perspectiva e o realismo preciso dos sujeitos, graças a esta técnica, é de fato possível recriar em um superfície plana, objetos e paisagens que retornam a percepção da tridimensionalidade, fazendo com que os espaços pareçam mais amplos do que realmente são.

Típico do trompe l'oeil é por exemplo criar portas e janelas falsas em uma parede, reproduzindo o parente de maneira extremamente realista ver em espaços ao ar livre (jardins, påtios, campos, céus, etc.). Assim, a própria parede "desaparece", devolvendo a ilusão de uma profundidade essa realidade não pertence àquele ambiente dado e ao mesmo tempo coloca o interior em comunicação com um exterior que, embora fictício, é muito realista e sugestivo.

O espectador é assim confrontado com um ilusão do real, percebendo como tridimensional o que na realidade é bidimensional. Graças ao engano da perspectiva, o trompe l'oeil då vida a uma realidade "inexistente", artificialmente criada através de meios pictóricos.

Faça vocĂȘ mesmo Trompe l'oeil

Do ponto de vista de Para que a ilusĂŁo seja eficaz, Ă© necessĂĄrio que o performer tenha um conhecimento profundo do design, das regras de perspectiva, do uso do claro-escuro e dos efeitos de luz, alĂ©m do perfeito domĂ­nio da ilusĂŁo.uso de cor e nuances. VocĂȘ começa estabelecendo o que quer aparecer ou o assunto em que vai trabalhar.

É, portanto, essencial considerar o ponto de vista do observador a respeito da pintura, identificando os pontos privilegiados a partir dos quais se observarĂĄ o trabalho. escolha a melhor posição para fazer a pintura. Realizou um primeiro rascunho em papel, o assunto Ă© mostrado na parede (ou painel), dando-lhe as dimensĂ”es certas.

Terminado em projeto, entĂŁo começa o fase pictĂłrica genuĂ­no e de decoração, durante o qual sĂŁo utilizadas cores de Ăłleo, tĂȘmpera ou acrĂ­lico. Vamos nos concentrar primeiro nas ĂĄreas mais extensas (cĂ©u, mar, prado, etc.) e nas ĂĄreas mais distantes, para entĂŁo nos aproximarmos do ponto de vista do observador, para que o As dimensĂ”es dos elementos aumentam gradualmente. Neste ponto, o cuidado com o sombreamento Ă© fundamental, graças ao qual a pintura aparecerĂĄ tridimensional e absolutamente realista.

Nos tempos modernos, onde a popularidade do trompe l'oeil sofreu uma curva descendente progressiva, entre os principais intĂ©rpretes deste tĂ©cnica segnaliamo Escher, DalĂ­ e Diego Rivera. Em vez disso, a interpretação dada a esse gĂȘnero pictĂłrico por artistas como Julian Beever, autor de inacreditĂĄvel, Ă© absolutamente inovadora. 'trompe d'oeil da calçada' feito com giz colorido, no qual abismos enormes abrem-se a partir do chĂŁo da rua, que retorna vistas de fascinantes mundos subterrĂąneos, Ă s vezes assustadores.

Vídeo: #GoodTimesIvanRossé - Painel Tropical #1 - Trompe L'oeil - Curso de Desenho IPStudio

ï»ż
Menu